Fazendo renda, tecendo a vida

Munfada com bilros e renda de Dona Luiza, rendeira de Águas Belas

O projeto Fazendo Renda, Tecendo a Vida nutre-se do encantamento que a renda tem. Sentar-se a frente de uma munfada, torcer e estralar os bilros, acochar a linha para a renda ficar firme e bonita, vendo as tramas que se formam é, ao mesmo tempo, prazer e gesto amoroso. É trabalho paciente, que não pode ser apressado. 

Cada fio que se enrosca, na junção com outro fio, diz do mistério e alegria de encontros. Encontros de águas, encontros de aromas, encontros de grãos de areia, encontros de mulheres, encontros de gente. Cada fio que se enrosca diz do encontro especial, a cada mês, da lua com o sol, em momentos fugidios de lua cheia, quando ela surge – linda! – no horizonte do mar enquanto o sol, quase sem pressa, desce atrás dos montes.

Cada fio que se enrosca diz de vidas que se tecem e entretecem, em movimentos seculares.

Cada fio que se enrosca conta histórias de rendeiras e do que fizeram e fazem com o seu trabalho. Cada fio que enrosca, nesta segunda década do século XXI, conta-nos também que as novas gerações já não querem fazer renda. – Por quê? Perguntamos. – Porque não dá para ganhar a vida fazendo renda. – respondem simplesmente.

É neste cenário, de admiração à beleza e delicadeza das rendas e ao trabalho das rendeiras, que o Projeto Fazendo Renda, Tecendo a Vida tem por objetivo a valorização da renda de bilros, cultivando o patrimônio cultural desta tradicional atividade das mulheres de Águas Belas e outras localidades cearenses e brasileiras.

Vamos buscando alternativas, transformando a renda em detalhes que enobrece peças de vestuário ou decorativas. A cada peça reconhecemos a artesã e o tempo que o trabalho levou para ser feito, como se tentássemos, com isso, mostrar esta tecitura, que nas horas, se forma e transforma. Um tempo nunca abreviado, sempre intensamente vivido.

Como as rendas têm intima relação com rios e mares, acompanham nossos produtos as conversas com o Rio Malcozinhado, que a tudo acompanha, com interesse imenso, atento às tramas, como se quisesse, com sua presença, garantir a continuidade de um trabalho que com certeza também o encanta.

Veja abaixo algumas de nossas peças, que encontram-se a venda…

Rolar para cima